segunda-feira, Novembro 27, 2006

FILHOSES DE ABÓBORA




Este é um "doce" que a minha mãe, residente no norte do País, faz geralmente no Natal. Eu cá faço muitas vezes sempre que os dias mais frescos começam a chegar. E, até hoje, nunca tive nenhuma reclamação, embora as filhoses que a minha mãe faz sejam muito melhores. Mas quem nunca provou as da minha mãe não tem termo de comparação e, talvez por esse motivo, as minhas fazem grande sucesso. Ainda hoje fiz umas de manhã antes de ir trabalhar, a pensar no jantar, e já quase voaram.

Vamos ver é se eu consigo explicar bem a receita, que é muito simples e rápida. Vou dizer os ingredientes a olho, dando apenas medidas aproximadas para se orientarem.


Ingredientes:

- Abóbora daquela bem amarelinha e pelo menos 1 quilo para dar algumas filhoses

- 10 colheres de sopa de farinha

- 12 colheres de sopa de açuçar

- três gemas

- canela q.b

- nozes partidas aos bocadinhos (é opcional e eu, por exemplo, nunca ponho)

- óleo para fritar


Confecção:

Vamos lá ver se consigo pôr em português que todos entendam a forma de fazer estes "bolinhos" deliciosos.


A abóbora, à qual se retira a casca, deve ser partida aos bocados e cozida por uns 10 minutos em água a ferver. Isto deve ser feito de véspera

Quando cozida deve ser posta a escorrer, para largar bem a água, pelo que é aconselhável ficar assim de um dia para o outro (a minha mãe costuma colocá-la num saco de pão e pendurá-la. Eu coloco-a mesmo num daqueles coadores que se usa para a esparguete e assim fica umas 12 horas).


Quando bem escorrida, começa-se por desfazê-la com a mão, juntando-se depois a farinha. Mexe-se suavemente (sempre com a mão) de forma a incoporar bem a farinha. Junta-se o açuçar e segue-se o mesmo procedimento. Juntam-se depois as gemas e envolve-se bem. Polvilha-se com canela a gosto. Quem gostar pode juntar então as nozez.


Como disse anteriormente, as medidas são meramente indicativas . Para ver se está bem de açucar e canela, costumo provar um bocadinho do preparado. Mas há outro factor a ter em atenção: a massa, embora não deva ficar "grossa", também não deve ficar excessivamente liquida. Se isso acontecer, acrescente um pouco mais de farinha (E se ainda tiver dúvidas, frite uma ou duas filhoses, verificando a sua consistência).


Deite então colheres do preparado em óleo quente, virando as filhoses de vez em quando. Quando prontas, coloque-as sobre papel absorvente de modo a escorrerem bem o óleo.

POnha-as depois num recipente e polvilhe com canela e açucar.


Bom apetite!




9 comentários:

Anónimo disse...

Também adoro as filhós. Faço as minhas da messma maneira(sem nozes), só que as mexo com uma colher de pau.

Anónimo disse...

MMMh Filhoses o meu sobremesa preferido!
Eu gosto de por un bocadinho d'agua ardent.

linda disse...

Eu faço o mesmo mas deito um calice de vinho do porto uvas,paças,pinnhões e nozes depois deito uma colheres da massa no oleo e abaixo um bocadinho com o garfo frito dos dois lados depois escorro em papel absorvente deito no prato e polvilho com açucar e canela

Anónimo disse...

Eu tentei respeitar a sua receita mas nao ficaram boas.
Nao me pode dar a provar as suas ?
Devem ser boas !!!
José
Josper49@aol.com

Anónimo disse...

ola eu tambem sou de portugal e na minha terra isso sao bilharacos de abobora e nao filhoses que e feito com farinha e azeite
obrigado

Anónimo disse...

tambem adoro filhoses mas esta receita k aki esta e de sonhos de abobora mas se ker a receita das filhoses
1 kg de farinha
8 a 10 ovos
2 colheres de cha de fermento
1 copo de agua ardente(pequeno)
1/2 chavena de leite
1 pitada de sal
azeite
isso sim sao os ingredientes das filhoses não dos sonhos

ana disse...

eu adoro filhoses e os meus filhos tambem. Faço os de cada passo e as filhoses e os sonhos são parecidos o que os sonhos são diferentes e no molho que levam por cima pelo menos e assim que faço.

Anónimo disse...

Também adoro filhoses de abóbora mas a receita que eu conheço não é assim. Leva Abóbora, Farinha, Fermento Padeiro, Ovos, Sumo de Laranja, Aguardente, Pitada de Sal, Açúcar e Canela para polvilhar.
São uma delicia e esta sim a verdadeira receita.

VELHOTE disse...

BOM TRABALHO