sábado, janeiro 27, 2007

POLVO NO FORNO


Adoro polvo. De qualquer maneira. Por isso, de vez em quando... lá vai polvo. Hoje, para o almoço, foi no forno. E estava muito bom. Aí vai a receita. Como faço a olho, não vou colocar quantidades muito exactas.

Ingredientes:
- 1 polvo grande
- batatas
-1 dl azeite
- 3 cebolas
- 2 dentes de alho
- 3 tomates maduros
- 1 copo de vinho branco ou tinto (prefiro o tinto)
- 1 folha de louro
- 1 malagueta
- metade de um chouriço de carne (nem sempre ponho)

Confeccão
Cozer o polvo. Eu costumo cozer numa panela anti-aderente, sem água, em lume médio. Ou seja, coloco apenas o polvo e uma cebola, cozendo o polvo na própria água que ele larga. Leva mais ou menos 1 hora.
À parte, levar ao lume o azeite com 2 cebolas partidas às rodelas e o alho. Quando começar a alourar, juntar o tomate partido aos bocados e a malagueta. Deixar refogar mais um pouquinho e juntar o chourico e a folha de louro. Junta-se depois o vinho e um copo da água da cozedura do polvo. Deixar ferver cinco minutos. Veja se está bom de sal.
Coloca-se o polvo num recipiente próprio de ir ao forno, juntamente com as batatas (que foram cozidas previamente) e rega-se com o molho do refogado.
Leva-se ao forno, já aquecido, durante 15 minutos, a 220 graus.
Bom apetite

P.S. Uma forma muito simples, mas muito saborosa, de comer o polvo é cozê-lo como indiquei na receita acima. Depois de cozido, fazer um refogado de cebola e alho em azeite. Quando estes, começarem a alourar, junta-se o polvo partido aos bocados. Mexe-se e deixa-se envolver bem no preparado. Rega-se com a água em que o polvo cozeu, polvilha-se com salsa picada. Ferve um pouco e serve-se de seguida, acompanhado por umas belas batatas cozidas.

2 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Eu nunca fiz polvo, tenho medo de passar o tempo do cozimento. Me animou sua receita.

Goretti disse...

Vai ver que lhe sai uma maravilha... Exprimente, Eliana!