segunda-feira, abril 02, 2007

RISOTO DE TOMATE


Esta é uma variante ao arroz de tomate, que costumo fazer. Na verdade, não deixa de ser um arroz de tomate, embora de gosto um bocadinho diferente daquele que fazemos quando utilizamos arroz dito normal. É bom para variar, embora seja um bocadinho "chato" de fazer, pois o risoto exige uma dedicação exclusiva nos 20 a 25 minutos que leva a fazer! A parte boa é que é um excelente exercício para os braços :)


Ingredientes para 4 pessoas
- 2 chávenas de arroz arbóreo
- 3 colheres de sopa de azeite
- 1 cebola não muito grande, bem picadinha
- 4 a 5 tomates médios partidos aos bocadinhos e sem pele e sementes
- 1 colher de chá de açucar
- mais ou menos 1 litro de caldo de legumes
- metade de uma chávena de chá de vinho branco (pode ser um vinho normal, não precisa de ser seco)
- sal a gosto
- 2 colheres de sopa de manteiga (facultativo)
- 2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado na altura (facultativo)


Confecção
Começar por ter todos os ingredientes necessários já preparados.
Fazer o caldo de legumes, reservando, mas tendo o cuidado de o manter bem quente.
Levar ao lume uma panela com o azeite e a cebola picadinha, refogando até a cebola murchar. Acrescentar o tomate e refogue, mexendo de vez em quando, até o tomate se desfazer. Acrescente então o arroz, sem parar de mexer (a partir deste ponto, não convém ausentar-se do fogão, a menos que tenha alguém a substitui-lo :), aí uns 4 a 5 minutos. Junte, entáo, o vinho e cozinhe, sem parar de mexer, até que este evapore. Sem nunca parar de mexer, vá colocando aos poucos (1 concha de cada vez), o caldo de legumes bem quente (a ferver), repetindo esta operação até o arroz estar al dente (mais ou menos 18 a 20 minutos). Acrescente o sal. Se gostar (eu não ponho), acrecente a manteiga e misture. Outra opção é, em vez da manteiga, juntar o queijo parmesão ralado e misture (no caso do risoto de tomate também não ponho). Retire o arroz e deixe descansar, com o tacho tapado, dois a três minutos. Sirva!!!


OBS. Se quer um risoto com um sabor um bocadinho diferente, mas também muito bom, pode também juntar, na altura em que adiciona o tomate, dois raminhos de alecrim picados!

1 comentário:

Chef Spadanini disse...

Nunca tinha visto um risotto de tomate - com alecrim deve ser bastante agradável!
Lá está - a versatilidade do risotto é uma das coisas que mais me agrada neste prato...