quarta-feira, março 28, 2007

BOLO DE ABÓBORA E NOZES




Este é um bolo que eu já faço há algum tempo e que, cá em casa, gostam muito. Tanto que, quando dou conta, já não há mais bolo para ninguém...

Ingredientes
- mais ou menos 300 g de abóbora, pesada depois de descascada
- 200 g de açucar
- 300 g de farinha
- 1 colher de sopa de fermento em pó
- 1 chávena de chá de óleo
- 4 ovos
- 1 colher de sopa bem cheia de canela
- 1 chávena de chá de nozes moídas


Confecção
Cozer a abóbora e deixar escorrer bem a água (preferencialmente de um dia para o outro).
Bater bem os ovos com o açucar. De seguida junte a abóbora e bata mais um pouco. Acrescente os restantes ingredientes e bata bem. Leve ao forno, já aquecido (180º), em forma de buraco, untada com óleo e polvilhada com farinha. Não me lembro bem quanto tempo leva, mas talvez seja uns 35 minutos até ficar cozido (faça o teste do palito). Depois de frio, pode polvilhar com açucar misturado com canela. Neste que vêm na foto, esqueci-me!

segunda-feira, março 26, 2007

BATATAS NO MICROONDAS


Estava eu, um dia destes, a falar com um dos treinadores da minha filha. E sabem sobre o que? Comida, pois claro!!! Falamos, falamos... e a conversa chegou às batatas, coisa que, infelizmente, adoro! Vaí daí, ele contou que costuma fazer umas batatas no microondas que ficam deliciosas. Duvidei, mas decidi exprimentar! E ele tinha razão. Ficam mesmo muito boas!!!! O que não é lá muito bom pois, a partir de agora, a tentação de recorrer às batatas será muito maior :)


Ingredientes
- batatas com casca
- sal q.b.


Confecção:
Lavar muito bem as batatas. Temperá-las com sal (deixar as batatas húmidas, pois assim agarram melhor o sal). Colocá-las no prato do microondas e tapá-las com uma tampa própria para microondas. Nove minutos em temperatura alta (500º) e... já está!!!
Obs. No caso da foto, dei-lhes um murrito e reguei-as com um azeite quente, com alho. Mas pode servi-las, mal acabam de sair do microondas, que estão óptimas. Ou, então, regá-las com a mesma mistura de azeite, alho e ainda tomilho.

sexta-feira, março 23, 2007

OMOLETA DE COGUMELOS




Sozinha em casa e... com fome. Foi o que me aconteceu hoje. Lembrei-me, então, de um resto de cogumelos que tinha no frigorífico para fazer esta omoleta, uma receita que faço quando tenho alguma emergência. É muito boa, mesmo para quem, como eu, não vai muito à bola com omoletas!!!



Ingredientes para 1 pessoa
-1 fatia fina de presunto cortada em quadradinhos pequenos
- 2 dentes de alho
- 2 ovos
- azeite q.b.
- 1 colher de sopa de leite
- sal e pimenta preta moída na altura

Confecção
Lave bem os cogumelos e corte-os em fatias finas. Leve ao lume uma frigideira com um fio de azeite e salteie nela os cogumelos, os alhos picados e o presunto. Deixe ficar, mexendo de vez em quando, até os cogumelos ficarem macios. Tempere de sal e pimenta e reserve.
Misture os ovos com o leite e bata um pouco.
Na mesma frigideira (lavada) ou numa outra, aqueça 1 a 2 colheres de chá de azeite e deite dentro os ovos batidos. Coza durante uns instantes e depois deite por cima a mistura de cogumelos. Enrole os lados da omoleta para cima e depois volte-a com cuidado. Coze mais um pouco e já está! Acompanhe com salada.

Bom apetite!






quarta-feira, março 21, 2007

Massa com galinha e molho de cogumelos


Estou a tentar reduzir o consumo de carnes vermelhas, substituindo-as por carnes brancas. Mas nao é fácil. Não apreciamos muito frango ou perú. Por isso, quando faço, tem de ser de alguma forma que lhe dê sabor. É o caso deste prato, cuja fotografia está terrível (fotografar comida é muito difícil, mas massa é ainda mais), mas que de sabor acaba por ser agradável. Neste, usei pela primeira vez natas de soja e não desgostei!


Ingredientes para 4 pessoas
- massa a gosto (esparguete, fetuccine ou outra)
- 3 peitos de frango (pode também usar perú)
- 3 fatias de bacon partidas aos bocadinhos pequenos ou picadas
- 2 dentes de alho esmagados
- cogumelos fatiados q.b. (frescos ou de lata)
- 1 decilitro de vinho branco
- 1 pacote de natas frescas (200 ml)
- azeite q.b.
- 3 cebolinhos picados (facultativo)
- queijo parmesão ralado (facultativo)
- sal e pimenta preta q.b.

Confecção
Cozer a massa em água abundante, temperada com sal, seguindo as instruções da embalagem. Escorrer e reservar.
Desfiar o frango em tiras bem fininhas e levá-lo a cozinhar, até ficar dourada, numa frigideira com azeite. Junte então o bacon, o alho esmagado e os cogumelos. Cozinhe por uns minutinhos (4 a 5) em lume brando, mexendo de vez em quando.
De seguida adicione o vinho e cozinhe até o líquido ficar reduzido a metade. Neste ponto, junte as natas e o cebolinho e deixe ferver. Tempere com sal e pimenta.
Misture o molho na massa e leve novamente ao lume uns segundos, só para ficar tudo bem nisturadinho.
Se gostar, salpique com o queijo parmesão. Sirva acompanhado por uma salada.

Bom apetite

segunda-feira, março 19, 2007

BOLO DE MAÇÃ II


Este é um bolo que fiz recentemente e que, cá em casa, adoraram. Já repeti e vou voltar a fazer.
A receita tirei-a do blog www.futiutilidades.blogspot.com.
Vale a pena!

Ingredientes:
- 3 maçãs médias
- sumo de um limão
- 1 chávena de óleo (não precisa de ser bem cheia)
- 4 ovos
- 1 1/2 chávena de açucar
- 1 chávena de passas
- 2 1/2 chávenas de farinha com fermento
- açucar e canela em pó para polvilhar

Confecção
Lavar bem as maças e descasque-as, guardando as cascas. Corte a maçã em cubos pequenos e
coloque-os de molho numa tigela com água e com o sumo do limão.
Depois, bater bem o óleo, os ovos, o açucar e as cascas das maçãs (da primeira vez coloquei as cascas inteiras e foi ver voar massa pela cozinha, pelo que aconselho a picar a casca previamente numa picadora).
Depois de bem batido, junte a farinha peneirada e bata mais um pouco. De seguida junte as passas e as maçãs escorridas. Misture bem, mexendo um pouco (sem bater).
Unte uma forma com óleo e polvilhe com farinha. Leve ao forno já aquecido (180º) cerca de 40
minutos (faça o teste do palito).
Retire do forno, polvilhe o açúcar e a canela em pó misturados.

Bom apetite

sexta-feira, março 16, 2007

BACALHAU EM PAPELOTE


Este foi o jantar de hoje, sexta-feira, dia em que o meu grande objectivo é não ter muito trabalho na cozinha. Este é um prato que serve na perfeição esse objectivo, com a vantagem de ser uma comida bastante agradável. O que vêm na foto ficou bastante bom, mas deveria ter ficado mais uns cinco minutinhos no formo. Não vou colocar as medidas, porque faço a olho.

Ingredientes
- 1 posta de bacalhau por pessoa
- batatas
- alho
- cebola
- salsa
- umas gotinhas de sumo de limão para cada posta
- azeite
- sal q.b.
- pimenta preta moída na altura q.b.
- papel de alumínio


Confecção
Começar por cozer as batatas com pele, em água com sal. Depois de cozidas, retire a pele e parta-as às rodelas grossas.
Numa folha de alumíno, coloque no centro a posta de bacalhau, a cebola cortada em meias luas finas e o alho picado e a salsa picada. À volta disponha as batatas. Regue com umas gotinhas de sumo de limão, tempere de sal e pimenta. Regue generosamente com azeite.
Feche os papelotes, de modo a que não verta azeite. Leve ao forno já aquecido (200º) por 40 minutos (para verificar se está no ponto, abra cuidadosamente o papelote e verifique).
Hoje só coloquei batata, mas também pode juntar (além da batata) tomate cereja, cenoura semi-cozida ou courguetes.

Bom apetite!

quarta-feira, março 14, 2007

BOLO DE CHOCOLATE (Mal sucedido)


Hesitei antes de colocar este bolo aqui no blog, porque além de não estar muito bonito (tentei tirá-lo da forma e daí a manchinha que se vê), não era isto que eu procurava. Mas, quem sabe, alguém tem a receita que procuro e ma possa dar!
A história começa num qualquer restaurante quando a minha filha pede de sobremesa bolo de chocolate. Surge um que (vamos lá ver se explico isto bem!) apesar de ter uma crosta "durinha" tem depois uma camada mais cremosa, sem ser pura mousse de chocolate. Eu que nem aprecio este tipo de doces, provei e gostei! Procurei na net, mas tudo o que encontrei levava natas e penso que o bolo que eu queria as dispensava perfeitamente. Falando deste assunto com uma pessoa conhecida, ela disse que tinha a receita certa para mim. Mas não, a menos que eu tenha feito algo de errado, o que não me parece!
No entanto, este bolo pode ser muito bom (imagino) para quem gosta de mousse de chocolate. Afinal, foi nisso que ele resultou.

Então aí vai a receita:

Ingredientes
- 6 ovos
- 6 colheres de sopa de açucar
- 200 g de chocolate preto
- 6 colheres de sopa de manteiga
- 1 colher de sopa de farinha

Confecção
Separar as gemas das claras, batendo estas últimas em castelo e reservar.
Num recipiente misturar as gemas com o açucar e bater bem até obter um creme esbranquiçado.
Derreter o chocolate em banho-maria, mexendo até obter um creme fino (sem grumos de chocolate). Juntar este preparado ao creme de ovos e açucar e misturar bem. Adiciona-se depois as claras em castelo, envolve-se delicamente, e por fim mistura-se a colher de farinha mexendo um pouco.
Unta-se uma foma de fundo amovível com manteiga e polvilha-se com farinha, deitando-se depois o preparado. Leva-se ao fono já quente (200 graus), deixando-se cozer por 12 minutos.
Findo este tempo, como vi que não estar a ter o resultado que inaginava, deixei ficar mais um pouco, mas não adiantou nada... Nunca deixou de ser uma bela mousse de chocolate!

segunda-feira, março 12, 2007

BACALHAU COM NATAS


Este bacalhau já fiz há algumas semanas, mas pensava que a minha filha tinha apagado as fotos da máquina. Afinal, ela tinha-as passado para o computador, mas sem lhe dar nome. Ontem, por mero acaso, acabei por as encontrar! Por coincidência, hoje a Elvira publicou a forma dela fazer o bacalhau com natas. Agora, vou publicar a minha, que é um bocadinho diferente. E mais formas de o fazer haverá.
Confesso que, embora este bacalhau seja muito elogiado, não é um dos meus pratos favoritos e, como tal, só o faço de vez em quando. E a pedido!


Ingredientes para 4 pessoas

- 4 postas de bacalhau
- 1 cebola grande cortada em meias luas fininhas
- 2 dentes de alho
- 3 batatas grandinhas
- molho bechamel
- 2 gemas
- 3 claras
- queijo ralado q.b.
- sal q.b.
- azeite q.b.
- pão ralado q.b

Confecção
Desfiar em lascas grossas o bacalhau em lascas e reservar. Descascar as batatas e fritá-las aos quadradinhos pequenos. Escorrer bem o óleo e reservar.
Cobrir o fundo de uma panela com azeite e levar a alourar a cebola e o alho picado. Quando começar a ficar transparente, juntar o bacalhau, envolver bem, deixar refogar por mais uns minutos, mexendo de vez em quando. A seguir juntar as batatas fritas e envolver bem, deixando ficar ao lume dois a três minutos. Verifique o sal e desligue.
À parte, no molho bechamel (morno ou frio), misturar as duas gemas, bater um pouco, e juntar as natas, envolver bem. Nesta mistura, adicione ainda uma a duas colheres de sopa de queijo ralado. Deite esta mistura sobre o bacalhau e envolva bem.
A seguir junta-se delicademente ao preparado as três claras batidas em castelo. Deitar tudo numa assadeira, polvilhe com pão ralado e leve a gratinar em forno quente por 20 minutos ou até o bacalhau ficar dourado.

Molho bechamel: derreter um pouco de manteiga. Juntar uma colher de farinha, mexer bem. Regar com meio litro de leite e levar a ferver, mexendo de vez em quando, até o molho engrossar. Temperar com noz moscada.

domingo, março 11, 2007

CREME DE COENTROS


Há sempre sopa nesta casa. Todos gostamos bastante. Hoje foi essa, pois tinha no frigorifico um raminho de coentros a pedir para serem utilizados. Ficou muito boa!

Ingredientes

- 1 cebola grande
- 1 alho francês
- três cenouras grandes
- 3 batatas médias
- 2 litros de caldo de legumes quente
- azeite q.b.
- sal q.b
- 1 raminho de coentros

Confecção
Levar ao lume uma panela com azeite, a cebola em rodelas finas e o alho francês em juliana. Quando começarem a ficar transparentes, juntar as cenouras às rodelas finas. Envolver bem e deixar ficar assim uns minutos. Adiciona-se o caldo de legumes e as batatas às rodelas. Quando os legumes estiverem macios, tira-se do lume e tritura-se tudo com a varinha mágica.
Leva novamente ao lume, deixa ferver uns dez minutos (se quiser menos líquida, deixa ferver mais tempo) e adicionam-se os coentros picados. Fica mais um pouco, retifica-se o sal e... pronto a comer!

sexta-feira, março 09, 2007

MASSA RÁPIDA


Este é um prato óptimo para os dias de semana, em que o tempo escasseia. Nem sei que nome tem, pois foi um improviso. Como resultou bem (gostamos!), de vez em quando marca presença na nossa mesa. Garanto que, pelo menos, é muito melhor do que qualquer uma daquelas comidas pré-cozinhadas que se vendem no supermercado!

Ingredientes
- Massa (esparguete, tagliatelle ou outra a gosto)
- camarões descascados ou miolo de camarão daquele maior
- tomates cereja
- azeitonas pretas partidas às rodelas
- azeite
- 2 dentes de alho
- folhinhas de manjericão
- sal q.b.

Confecção
Cozer a massa, conforme as instruções da embalagem.
Numa frigideira, colocar o azeite e alourar os dentes de alho picados. Quando começar a alourar, juntar o camarão e deixar fritar uns minutos (poucos), mexendo. A seguir junta-se o tomate cereja partido ao meio (se tiver tomate seco, pode colocar dois partidos aos bocadinhos). Quando o tomate estiver macio, adicionar as azeitonas. Fica um minuto, junta o manjericão e tempera de sal.
Juntar este molho com a massa e servir (pode polvilhar com raspa de limão, que fica bom).

Bom apetite!

quarta-feira, março 07, 2007

QUINZENA DA CANELA


Hoje de manhã, quando fazia uma ronda por diversos blogs, vi a iniciativa que está a decorrer da Quinzena da Canela, promovida no www.colherdetacho.blogspot.com.
À tarde, resolvi dividir com os meus colegas de trabalho o que me sobrou do bolo que coloquei no post anterior (BOLO MORENO). E, imaginem, foi um sucesso!
Então, decidi participar na iniciativa com o referido bolo que leva uma colher de sopa bem cheia de canela...

terça-feira, março 06, 2007

BOLO MORENO


Depois de uma sexta e sábado muito agitados, em que tivemos cá uns amigos que nunca tinham estado em Lisboa, passamos o domingo em casa. A não fazer nada. Melhor, a comer, beber e a ver uns filmes na televisão. Como o tempo também não estava grande coisa, soube bem. Assim, depois de um almoço que, admito, não estava nada de especial (desta vez a culpa não foi minha, mas de uma carne que, apesar de rotulada de grande qualidade, não o era) decidimos fazer um lanche ajantarado. Daí, decidi fazer este bolo que, apesar de não ser seguramente o melhor do mundo, caí muitissimo bem com um belo e gostoso chá!

Ingredientes
- 2 chávenas e 1/2 de açucar amarelo
- 2 chávenas e 1/2 de farinha com fermento
- 1 colher de sopa bem cheia de canela
- 3/4 de uma chávena de óleo
- 5 ovos
- sumo de meio limão (facultativo, ou seja umas vezes ponho outras vezes não)

Confecção
Esta é a parte mais dificil. Juntar todos os ingredientes e bater com batedeira no mínimo por dez minutos! Levar ao forno pré-aquecido, a 180º, numa forma untada com óleo e polvilhada com farinha. Leva mais ou menos 40 minutos a ficar pronto (fazer o teste do palito)...

P.S. Quando tirei a foto, já uns "ratinhos" tinham roubado um bocadinho do bolo!

Bom apetite!

domingo, março 04, 2007

Peixe espada branco frito


Esta é uma maneira um bocadinho diferente, mas muito boa, de comer o peixe espada. Sou um bocadinho suspeita para dizer isto, pois gosto muito de peixe frito.
Ah, o bacon não é para comer. Era apenas para que a fotografia ficasse mais bonita, objectivo que falhei completamente!

Ingredientes
- 4 postas de peixe espada branco
- 8 fatias de bacon
- 4 dentes de alho
- farinha
- azeite
-sal
- limão (facultativo)

Confecção
Temperar o peixe com sal e deixar tomar gosto por 30 minutos a uma hora. Depois, passar o peixe por farinha, sacundindo o excesso para não sujar muito o azeite.
Cubra o fundo de uma frigideira com azeite, leve ao lume e, quando quente, frite as fatias de bacon, até ficarem estaladiças. Retire o bacon e, no mesmo azeite, frite bem as postas de peixe. Quando frito, retire-o e escorra as postas sobre papel absorvente. Reserve, mantendo o peixe quente.
Passe o azeite por um passador de rede fina e leve-o novamente ao lume. Quando quente, junte os alhos descascados e picados e deixe alourar. Se gostar, fora do lume regue o azeite com sumo de limão.
Deite o molho do azeite sobre o peixe espada e acompanhe com batatas cozidas.
Bom apetite!


-

sábado, março 03, 2007

Quinta do Vallado (Douro) - Reserva 2004

Este fica à espera de uma comida que o mereça...