segunda-feira, julho 30, 2007

MASSA COM SALADA FRESCA DE TOMATE


Com este calor apetece pouco comer e, ainda menos, cozinhar. Eu, então, fico num estado terrível, tensão baixa, sonolência, enfim... Sou daquelas a quem o excesso de calor derrota por completo!
Por isso, na cozinha, o que eu quero mesmo é ter pouco trabalho. E esta é uma receita óptima para dias como o de hoje: fresca, rápida e muito saborosa.
Não vou colocar as quantidades, pois faço a olho.

Ingredientes
- massa a gosto
- tomates bem maduros e, de preferência, sumarentos
- gotas de vinagre balsâmico
- azeite q.b.
- manjericão fresco q.b.
- queijo (usei feta, mas pode ser outro a gosto)
- sal e pimenta preta q.b.

Confecção
O ideal é preparar a salada de tomate com umas horas de antecedência para tomar gosto (ou pelo menos uma hora).
Misture, numa tigela, o tomate partido aos quadradinhos, o manjericão picado, as gotas de vinagre balsâmico e regue com um fio de azeite. Tempere com sal e pimenta e guarde no frigorífico.
Na hora de servir, coza a massa e escorra-a. Misture a massa com o queijo partido aos bocadinhos e com o molho de tomate. Envolva bem e sirva.
Bom apetite!

sexta-feira, julho 27, 2007

TARTE DE CEBOLA


Não é uma comida muito popular cá em casa. Para dizer a verdade, sou a única que gosta e bastante. Por esse motivo, raramente faço esta tarte. E quando a faço é com o objectivo de, no dia seguinte, levar grande parte para o meu trabalho onde umas colegas me ajudam, com prazer, a acabar com ela. Mas, para quem gosta bastante de cebola, recomendo.

Ingredientes
- 1 pacote de massa quebrada
- 3 cebolas grandinhas
- mais ou menos 50 g de bacon aos quadradinhos
- 1 pacote de natas (uso de soja)
- 3 ovos batidos
- azeite ou manteiga q.b.
- sal e pimenta q.b.

Confecção
Levar ao lume uma panela ou frigideira com um fio de azeite (pode ser manteiga). Colocar neste tacho a cebola partida em juliana, o mais fino possível. Deixar em lume brando, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar "murcha" (contei mais ou menos 25 minutos). Retirar a cebola e reservar. Na mesma gordura, deitar o bacon até que fique estaladiço.
Juntar, então, a cebola ao bacon, as natas e os ovos batidos. Envolver bem, rectificar os temperos. Colocar na tarteira e levar ao forno pré-aquecido mais ou menos 25 minutos (200º).
Bom apetite!

segunda-feira, julho 23, 2007

DOCE DE REQUEIJÃO COM AMENDOA


Quando vi este doce no blog da Elvira decidi logo que o ia fazer cá em casa, mas não por mim que, para ser sincera, detesto requeijão. Fi-lo no fim-de-semana e, tal como esperava, agradou bastante. Até eu, depois do doce estar frio (morno não apreciei), achei bastante bom. Ficou rectangular, pois a massa não cabia na minha forma redonda :)
Vou publicar a receita tal como ela está no blog da Elvira.


Ingredientes

- 0,7 dl de água
- 250 g de açúcar
- 5 gemas + 3 claras
- 25 g de amêndoas moídas
- 200 g de requeijão
- 1 pitada de sal
- manteiga e açúcar para a forma

Confecção
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Escorrer muito bem o requeijão num passador de rede fina, pressionando com a ponta dos dedos para eliminar o líquido. Reservar.
Levar a água a ferver juntamente com o açúcar. Cozinhar em lume médio sem parar de mexer até obter uma calda transparente não demasiadamente espessa (a minha deve ter ficado um bocadinho liquida de mais, mas no final não se notou).
Bater as gemas com o requeijão e as amêndoas moídas. Adicionar a calda em fio sem parar de mexer.
Bater as claras em castelo firme com o sal. Incorporar delicadamente as claras batidas ao preparado anterior.
Untar uma forma com manteiga e polvilhar com açúcar. Transferir o preparado de requeijão para a forma e levar ao forno por 45-50 minutos, a 180ºC.
Polvilhar o doce com um pouquinho de açúcar à saída do forno e deixar amornar.

Servir frio ou levemente morno.

Bom apetite!

sábado, julho 21, 2007

BIFE COM MOLHO DE CERVEJA


Esta é uma receita que uma vez vi numa revista dedicada a bifes com diferentes molhos, cuja autoria pertencia a Vítor Sobral. Infelizmente não tenho essa revista, que se deve ter "extraviado" quando mudei de casa. Assim, nem sei bem se me mantenho fiel ao original, mas, o que importa, é que este é um molho bem agradável para "regar" os bifes.
Quanto às quantidades, vou tentar ser o mais exacta possível.

Ingredientes:
- bifes
- tomate seco (usei uns 5 bocadinhos)
- 1 cebola pequena
- 3 dentes de alho
- 1 colher de chá de mostarda
- 1 1/2 copo e meio de cerveja
- 1 pacote de natas frescas
- 1/2 folha de louro
- 2 colheres de sopa de manteiga
- sal, pimenta e azeite q.b
- sumo de meio limão

Confecção
Temperar a carne com sal e pimenta e levar a cozinhar em manteiga ou azeite, conforme preferirem (frito os bifes quando o molho já está quase pronto).

Molho: Alourar numa frigideira com azeite a cebola bem picada, os dentes de alho laminados, o tomate seco também picado e o louro. Quando o tomate estiver macio, adicione a cerveja, as natas e a mostarda. Deixe reduzir um pouco e, qando começar a borbulhar, desligue. Retire a folha de louro e leve o preparado ao liquidificador ou picadora. Em seguida coe o molho. Leve novamente ao lume por pouco tempo, junte as duas colheres de sopa de manteiga, rectifique os temperos e regue com o sumo de limão (a gosto).
Disponha o molho sobre os bifes e sirva.
Bom apetite!

segunda-feira, julho 16, 2007

PIZZA DE PESTO E COGUMELOS


Pizza não é coisa que goste muito. Mas, esta, quando a vi, decidi logo que ia fazer porque leva uma coisa que adoro: molho pesto. E, de facto, não me soube nada mal! A receita tirei-a de um livrinho "Tudo sobre farinha", da Nacional. Vou colocar aqui a receita tal como está no referido livro, embora tenha feito a massa na minha máquina de pão. Tambem não segui à riscas as medidas do recheio.

Ingredientes
Massa:
- 300 g de farinha integral (usei da normal)
- 1 colher de chá de açucar
- 1 colher de sopa de azeite
- 2 dl de água morna
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de fermento seco

Recheio
- 200 g de cogumelos frescos laminados (usei de lata)
- 1 colher de chá de tempero orégãos e cebola (usei só orégãos)
- 90 g de queijo mozarella ralado
- 90 g de queijo parmesão ralado
- 1 colher de chá de azeite
- molho pesto q.b. (feito por mim, pois é muito fácil)

Confecção
Massa
Colocar o sal e a farinha numa tigela grande. Num recipiente mais pequeno colocar o fermento com o açucar e um pouco da água morna. Mexa bem e reserve até ficar espumoso. Acrescente esta mistura à farinha, junte o azeite e a restante água. Misture bem até conseguir uma massa macia. Sove-a numa superfície enfarinhada durante cerca de 10 minutos. Coloque, então, a massa numa tigela untada, cubra e reserve num lugar ameno até dobrar o volume.

Montagem
Estenda a massa e coloque-a num tabuleiro de ir ao forno. Cubra a massa da pizza com o molho pesto. Distribua por cima os cogumelos laminados. Polvilhe com o queijo parmesão e, por cima, com o queijo mozarella. Polvilhe com os orégãos. Regue com o azeite. Leve ao forno pré-aquecido durante 15 a 20 minutos (180º).

Molho Pesto: Torre num tacho anti-aderente 2 colheres de sopa de pinhões. Pique numa picadora os pinhões com um molhinho de manjericão, dois dentes de alho, sal e um bocadinho de queijo parmesão ralado na altura. Depois junte um fio de azeite, continuando com a máquina a trabalhar, até formar uma pasta.

quinta-feira, julho 12, 2007

MASSA COM MOLHO DE ALCACHOFRAS


Pena que a foto tenha ficado tão má e a massa apresente um ar tão deslavado, porque esta massa é, em minha opinião, muito boa. Para piorar, um telefonema no momento em que cozinhava, fez com o queijo tivesse passado (e muito) o ponto em que devia ter ficado. Para quem gostar dos ingredientes, aconselho vivamente. A receita é do "Livro Essencial das Massas", editado pela Murdoch Books. Vou postar a receita tal como está no livro, embora eu tenha colocado os ingredientes a olho.

Ingredientes para 4 doses
- massa a gosto (no livro colocaram farfalle)
- 400 g de corações de alcahofras de conserva (com frescas fica ainda melhor)
- 3 colheres de sopa de azeite
- 3 dentes de alho esmagados
- 100 g de azeitonas pretas sem caroço, picadas
- 2 colheres de sopa de cebolinho fresco (não usei)
- 200 g de queijo ricotta fresco

Confecção
Cozer a massa, consoante as instruções da embalagem.
Enquanto a massa cozinha, escorra e corte os corações de alcachofra em fatias finas. Aqueça o azeite numa frigideira, junte o alho e cozinhe até que amoleça. Adicione os corações de alcachofra e as azeitonas e aqueça. Segue-se o cebolinho e o queijo ricotta partido com uma colher. Cozinhe até que o queijo fique totalmente aquecido.
Misture a massa com o molho, tempere com sal e pimenta e sirva.
Bom apetite!

segunda-feira, julho 09, 2007

PESCADA RÁPIDA





Esta é uma das minhas comidas do dia-a-dia por ser, imaginem, rápida de fazer. Raramente chego a casa antes das oito da noite pelo que o lema, sobretudo no tempo de aulas da minha filha, é despachar. Apesar disso, gosto bastante da pescada cozinhada desta forma.

Ingredientes
- 4 postas de pescada de boa qualidade
- 1 cebola bem picada
- 1 copo de tomate em lata triturado (ou então umas oito colheres de sopa de polpa de tomate)
- 1 copo de caldo de peixe
- sal e pimenta q.b.
- farinha q.b.

Confecção

Temperar o peixe com sal, passar por farinha e colocá-lo num recipiente que possa ir ao forno. Cobrir a pescada com a cebola picada e o tomate. Temperar com pimenta, regar com o caldo de peixe e um fio de azite. Levar ao forno, que já deve estar bem quente, cerca de 25 minutos a meia hora (220º).
Servir quente!
Bom apetite!

segunda-feira, julho 02, 2007

LULAS COM AMEIJOAS


A falta de máquina fotográfica foi a responsável por esta minha ausência de cerca de uma semana. Mas, finalmente, consegui recuperar esse objecto que está a criar alguns anti-corpos cá em casa, sobretudo nos momentos em que antecedem algumas refeições :)
Enfim!!!
Voltando à comida, regresso com um prato extremamente simples, muito pouco sofisticado, mas que me sabe sempre bem acompanhado por umas batatinhas cozidas!
Não vou quantificar os ingredientes, porque faço sempre a olho.

Ingredientes:
- lulas grandes partidas às rodelas não muito finas
- ameijoas, bem lavadas
- 1 limão
- alho (bastante)
- sal
- salsa ou coentros (facultativo)
-azeite

Confecção:
Temperar as lulas com muito alho, o sumo do limão e sal. Deixar ficar nesta marinada pelo menos uma hora.
Findo esse tempo, regar o fundo de uma panela anti-aderente com azeite. Quando este estiver quente, juntar as lulas escorridas da marinada (mas com o alho). Mexer, tapar o tacho e deixar cozinhar até que as lulas estejam macias. Uns cinco minutos antes de desligar o fogão, adicionar as ameijoas. Mexer e retira do lume, assim que estas abrirem por completo.
Se quiser pode polvilhar com salsa ou coentros picados.
Bom aptite